Um novo final para Saga, um conto de Sophia

28-02-2012 09:00

Passados uns meses, Hans recebeu a resposta do pai. Hans poderia regressar a Vig, pois o seu pai tinha-o finalmente perdoado.

Hans contou a Ana as palavras desse perdão  e disse-lhe que por isso iria voltar a Vig. Ao sétimo dia após a resposta do pai, Hans navegava para Norte. Passou uns dias no mar e soube-lhe bem. Finalmente podia ver o mar como o caminho para a sua casa e o caminho para a sua reconciliação com o pai.

Foi recebido em Vig com uma grande festa. Sete dias após a sua chegada, foi de novo ao extremo do promontório para ver a formação de uma tempestade. O pai deixou-o ser capitão e até ele próprio, Sören, tinha voltado ao mar.

Passaram uns meses e Sören morreu. Hans continuou à frente dos navios do pai. Nasceu-lhe mais uma filha a quem deu o nome de Speranza, para significar a esperança que ele nunca perdera.

Hans morreu aos 77 anos. A sua história passou a ser contada de geração em geração, de boca em boca, tal como ele desejava. 

Inês Carvalho, 8ºA